Esta é a página onde você vai poder conhecer um pouco de minha história, minhas aspirações e inspirações.

                                            Lih

Onde tudo começou

A Mascareira

          Este é um trabalho feito com a alma repleta de alegria e gratidão.

          As máscaras surgiram profissionalmente há poucos anos, porém, Veneza e sua magia nasceram comigo, literalmente, pois minha bisavó é natural de Veneza. 

"Ancestralidade resumida em foto com os dois troncos familiares: “Copelli e Zaghi”, cuja história teve início no século XIX”

          Infelizmente as histórias de família são escassas, mas, alguns relatos restam daquele tempo, um deles foi publicado por meu primo.

          Abaixo, alguns trechos de sua narrativa:

Carlo Copelli (o homem sentado à direita na foto), meu avô, de quem orgulhosamente herdei o nome, deixou o lar paterno em Parma aos 14 anos de idade e foi à França em busca de trabalho nas estradas de ferro, considerando que esse país desenvolvia rapidamente esse segmento. Despediu-se da família e pondo-se a caminho, foi alcançado por seu pai que lhe entregou o seu próprio relógio de prata como herança. Já adulto e também viúvo soube que o Brasil se apresentava promissor enquanto vasto campo agrícola, considerando que a escravidão havia finalmente tido seu término. Carlo retornou à Itália, especificamente para Florença e tomou o navio para o Brasil (por volta de 1890) e foi para São Sebastião do Paraíso no sul de Minas Gerais, onde se fixou, trazendo consigo uma pequena economia e o relógio de prata.”

Stella Zaghi (a mulher sentada à esquerda na foto), minha avó, pertencia a uma família abastada de Veneza, tinha instrução, inclusive musical, o que era incomum na época para uma mulher. Diante da formação do Reino da Itália, a família teve seus bens confiscados. A saída para essa situação seria emigrar para o Brasil e o dinheiro era fundamental para a viagem. Assim, meu bisavô foi para uma frente de trabalho um pouco ao norte de Veneza em busca de tais recursos. Acidentou-se no trabalho. Em vista disso, minha avó, ainda muito jovem, foi substituí-lo em sua função e como era um trabalho especificamente masculino, sem hesitar, ela  cortou o cabelo e vestiu-se de homem. Ela era “un ragazzo tra gl’altri ragazzi” (um rapaz entre outros rapazes), como ela própria contava à família. Esse trabalho era temporário e após o seu término ela comprou um pequeno barco e atravessava viajantes de uma margem para outra do Rio Pó, nas proximidades do seu delta.  Aliou o trabalho de remadora ao canto, pois através dele, ela atraía mais passageiros em relação aos seus concorrentes. Dessa forma ela conseguiu os recursos necessários, partiu de Nápoles com o pai para o Brasil (ela era órfã de mãe). Trouxe também uma pequena economia, uma cigarreira de prata e os seus óculos.”

“Guardo em meu sacrário pessoal o relógio, a cigarreira e os óculos, como relíquias preciosas que simbolizam a energia desse tronco familiar que reverencio e homenageio.” (Carlos Copelli)

ÓCULOS

CIGARREIRA

 RELÓGIO 

            Minha bisavó, Stella, teve uma presença marcante em minha vida desde muito cedo, através das histórias contadas por minha avó e do carinho e respeito que criei por esta grande mulher.

           Através deste trabalho com Máscaras Tradicionais do "Carnevale" Veneziano estou a cada momento unindo minha ancestralidade com o meu amor pelas formas, cores e luzes. 

 

                                                                   Lih Steiner

Visita ao Atelier Sergio Prata

Comentário de Barbara Quick (site)

Arte di Venezia

An extraordinary artist who specializes in Venetian Carnival masques has honored me with a place of partnership on her exquisite website. I love the way she has used my words and research (with my permission, of course!) as part of her delightful, multimedia presentation of the history of Venice.

Click here to explore the gorgeous, highly collectible and, truly, affordable creations of the artist, Lih Steiner. I feel so delighted that reading Vivaldi’s Virgins (in its Brazilian Portuguese translation, no less!), and rereading it through the years, inspired her to reach out and contact me!

Arte di Venezia

 

Uma artista extraordinária especializada em máscaras do Carnaval Veneziano me homenageou com um mural de parceria em seu requintado site. Eu adorei o jeito que ela usou minhas palavras e pesquisas (com minha permissão, é claro!) como parte de sua deliciosa apresentação multimídia da história de Veneza.

 

Clique aqui para explorar as criações lindas, altamente colecionáveis e realmente acessíveis da artista, Lih Steiner. Eu me sinto tão feliz que ao ler as Virgens de Vivaldi (na tradução para o português do Brasil, não menos!), e relê-lo ao longo dos anos, inspirou-a a entrar em contato comigo!

                                                         https://www.barbaraquick.com/media-links

Clique no player abaixo e navegue ao som do fantástico veneziano Vivaldi

©2018 by Lih Steiner. 

  • #veneziamasks